É possível fazer o cabelo crescer mais que 1 cm por mês?

Oi gente!!! A resposta para essa pergunta é…sim!!! É possível!!! Mas, para isso requer uma grande dedicação e cuidado aos cabelos. E não só o cuidado externo, feito com hidratações semanais e bons produtos, mas também o interno, que é a ingestão de vitaminas, praticar esporte, alimentar-se bem. Bom, pois então vamos por partes. Começaremos com os cuidados externos para que seu cabelo cresca bem mais rápido do que você imagina: (obs: aqui vou dar dicas para cabelos crespos a crespíssimos, porque esse é o tipo do meu cabelo)

– Cabelos crespos devem ser lavados de 1 a 2 vezes por semana. Isso é importante para desobstruir o couro cabeludo e fazê-lo respirar, depois de usar tantos cremes, umidificadores e leave-ins por alguns dias. Eu sei que aqui algumas vão até pensar…-Nossa! Mas meu cabelo fica até mais bonito quando fica um pouco sujo!… É, isso realmente ocorre nos cabelos crespos porque o cabelo crespo e afro têm muito pouca oleosidade e, depois de 1 semana sem lavar obviamente o cabelo fica mais oleoso, automaticamente mais macio. Mas para que o cabelo cresca é preciso que o couro cabeludo esteja limpo e os poros desobstruídos, e assim o cabelo pode”respirar” melhor.

– Você dá vitamina aos seus cabelos?? Isso mesmo, vitaminas! Os cabelos necessitam de vitaminas, assim como todo o seu corpo para estar saudável e bonito. Para isso, aposte em xampús e condicionadores que tenam vitaminas, óleos. Como por exemplo, para mim, a linha Gliss Kur é muito boa, tem muita vitamina em sua composição e também óleos hidratantes para os cachos. Eu uso, na verdade 3 tipos de xampús na hora de lavar meus cabelos, o primeiro é o xampú energizante da Vichy com Aminexil, esse xampú serve para queda de cabelos e também possui vitaminas PP/B5/B6. Depois o da Gliss Kur Total Repair, depois o Gliss Kur Oil Nutritive (tudo isso lavando muito bem para tirar o resíduo do xampú antes de aplicar o próximo). Logo a seguir passo os dois condicionadores da linha, tembém retirando muito bem o produto da cabeça.

– Toda vez que lavo meus cabelos eu faço uma hidratação caseira. Nessa hidratação eu utilizo tanto cremes que se compra em lojas, como realmente coisas caseiras, como gema de ovo e mel. Eu tenho um post qe têm vídeo explicativo como eu faço a minha hidratação, mas aqui escreverei novamente minha “fórmulinha mágica”:

– 1 colher de sopa de creme de hidratação Gliss Kur Oil Nutritive (Ou se você achar, pode também comprar a ampola e colocar uma ampola inteira)
– 1 colher de sopa de creme de hidratação Gliss Kur Total Repair (Ou se você achar, pode também comprar a ampola e colocar uma ampola inteira)
-1 Sachet de creme de hidratação profunda (sofort repair kur) da pantene. (colocar todo o sachet)
-1 colher de sopa de creme de hidratação Doo Gro (comprado em lojas de produtos afro aqui na Europa)
– 2 colheres de sopa de óleo para cabelo (este pode ser desses óleos que se compram nas lojas de cabeleireiros, como óleo de amêndoas ou similares). O meu óleo têm silicone na composição.
-1 colher de sopa do Oil Mosturizing Lotion Aloe Vera da Soft &Beautiful (http://www.lydies-afro-hair-und-beautyshop.com/Haarpflege-Produkte/Soft-Beautiful-Aloe-Vera-Oil-Moisturizing-Lotion::75.html)
– 2 colheres de sopa de azeite de oliva (é desse mesmo que você tem em casa para temperar salada!!!)
– 1 gema de ovo inteira (tem que separa a clara do ovo, a clara pode jogar fora, utilize só a gema)
– 2 colheres de sopa de mel de abelha

Deve-se misturar tudo muuuito bem, pois a mistura têm que ficar homogênea. Depois de lavar e condicionar os cabelos, aplicar a máscara de mecha em mecha, fazendo a hidratação penetrar muuuito bem no cabelo. Deixar 15 minutos com papel laminado e touca ou, se preferir touca térmica, deixar 10 minutos. Depois lavar os cabelos e retirar bem o produto. No momento em que estiver passando a hidratação, fazer massagens no couro cabeludo para ativar a circulação do mesmo. E falando em circulação:

– A prática de exercícios físicos ajuda também os cabelos crescerem. É isso mesmo!!! Então agora chega de preguiça de ir a academia ou pedalar de bicicleta! O exercício físico faz com que o sangue circule melhor pelas veias e faz distribuir sangue mais rápido também na cabeça, e, com isso a circulação no couro cabeludo é bem maior. Eu pratico ciclismo de rua há 3 anos, não só faz bem para meu corpo, como também me sinto muito bem disposta e meus cabelos também agradecem!!!! Portanto, movimente-se!!!

– E, por último, as vitaminas. Alimentar-se bem é muito importante para um bom crescimento do cabelo. Ingira vitaminas não só presentes na alimentação, como carne, peixe, legumes, mas também aquelas em cápsulas compradas em farmácias. (Eu tomo muitas vitaminas, dentre elas o Pantogar). Existem vitaminas não muito caras como o Pantogar no mercado e que oferecem os mesmos efeitos. Portanto, se alimente bem, coma frutas e tome vitaminas.

Seguindo esses passos, eu tenho certeza que seu cabelo não só crescerá mais rápido, mas também será muito mais brilhoso, sedoso e saudável. Aposte nessas dicas!!!!

Anúncios

Falten Stop com SYN-AKE (veneno de cobra)!

Oi gente!!! Alguém já ouviu falar de um creme com veneno de cobra???

Creme de veneno de serpente é a nova febre no mundo estético. Depois de milhares tratamentos com ouro, chocolate e até sanguessugas, a moda agora é utilizar um cosmético feito a base do veneno de cobra para acabar com as rugas, marcas de expressão, peles cansadas ou fadigadas.

A composição do veneno contém poderosas substâncias capazes de fazer um efeito lifting no rosto, hidratando a pele em profundidade e reduzindo a contração e flacidez das células musculares. O produto, além do veneno conta com aloe vera, FPS 15 e nopal.

 A aplicação do produto seria feita com uma suave massagem de manhã e a noite, depois de uma limpeza facial no rosto, pescoço e peito. A maquiagem pode ser aplicada uns cinco minutos depois de sua aplicação.

No meu caso, limpo sempre bem minha pele, e depois aplico meu “creme de serpente”, normalmente somente uma vez por dia, e sinto realmente uma grande diferença na minha pele. Perceba que o creme vêm numa cânula, como uma injeção de botox, muito prático para aplicação nos pontos críticos do rosto.

Pode anotar no caderninho. Depois da barbatana de tubarão e do caviar, a grande aposta da indústria de cosméticos para atenuar as linhas de expressão e rejuvenescer homens e mulheres é o veneno de serpente. Isso mesmo. Um composto criado em laboratório que pode ser usado em casa e promete paralisar o músculo da face sem perder a expressão do rosto. O princípio é semelhante ao efeito que a toxina botulínica, o botox, proporciona, mas não age tão profundamente e nem é tão caro. O veneno custa em média R$ 80,00 contra R$ 1 mil do botox.
 “É mais um ativo para o tratamento anti-envelhecimento. É uma cópia sintética do veneno da serpente que atua paralisando suas presas. Foi baseado nesse conhecimento que a pesquisa foi feita. Mas ele não é milagreiro”, avisa.

Mas ATENCÃO: Esteticista ensina: antes de passar qualquer produto é importante lavar e tonificar a pele

Como ter um rosto novo em 25 minutos

 Imagine a seguinte situação: você tem aquele festão, se olha no espelho e vê o quê? Um rosto com aspecto cansado e cheio de rugas de expressão. Acredite. De agora em diante seus problemas acabaram – pelo menos temporariamente, compre o creme de veneno de cobra! É realmente fantástico!!!

Aqui na Suíça meu creme custa em torno de  Francos. BA-RA-TI-NHO!!!

Que presente de natal!!!

Oi gente!!!! Hoje, dia 25 de dezembro…natal! E ontem eu ganhei meus “presentinhos” de natal, como toda boa mulher, adoro perfumes, cremes de beleza, etc (apesar de eu não ser uma “patricinha”, sou um tipo até bem esportivo), mas meu maridão me deu ótimos presentes de natal, então eu quero “dividir” com vocês meus lindos presentes! São eles:

– Perfume Bvlgari Rose Essentielle: OHHHHHH, QUE PERFUME!!! Muuuuuuito cheiroso e gostoso, tem um cheiro bem doce, para quem gosta desse tipo de cheiro, e permanece, muitas vezes até depois de um dia, realmente ele “impregna” no corpo e não sai tão facilmente como outros perfumes, penso é um perfume, pelo menos para  mim, é típico para a noite. Agora vem a pergunta chave: quanto custa um perfume desses? Bom, na internet andei pesquisando alguns preços, por exemplo, no website americano da Bulgari custa 65 dólares (http://us.bulgari.com/productDetail.jsp?prod=82242) , já na Alemanha custa 67, 95 Euros, no Mercado Livre encontrei por 116 Reais e na Sack’s perfumaria encontrei por 260,90 (http://www.sacks.com.br/site/produto.asp?id=4629) enfim, tem preço para todos os gostos, mas aqui na Suíça esse perfume é mais barato. Não posso lhes dizer o preço aqui porque eu não sei ao certo, foi um presente do meu marido, mas não penso que custou mais que 60 francos. Um lindo presente de natal com muito estilo!!

Dicas para fazer seu cabelo crescer mais rápido

Se o seu cabelo parou de crescer ou está devagar quase parando, alguma coisa pode estar acontecendo com ele. Para você fazer parte da turma da Rapunzel, confira algumas dicas.

O cabelão batendo na cintura nunca sai de moda, por mais que os curtinhos fiquem um arraso. E tem mais: a maioria dos homens também curte uma cabeleira. Mas nem todo mundo consegue ter cabelos longos. Segundo Geová Gouveia, diretor do Phortal do Cabelo (SP) inúmeros fatores podem contribuir para que a média normal de crescimento dos fios, um centímetro por mês, estacione.

“O problema está ligado normalmente a três fatores: descontrole da glândula sebácea, alterações metabólicas e problemas de circulação sangüínea”, explica o especialista. A terapeuta capilar Sheilla Bellotti, do Centro Capilar Sheilla Bellotti (RJ) vai mais além: “O cabelo cresce a partir do bulbo capilar, chamado de couro cabeludo. Qualquer agente externo que prejudique sua saúde também impede o crescimento”.

1 – Visite já um especialista
Um centímetro ao mês pode parecer muito pouco para suas madeixas, mas não é! Bastam elas pararem de crescer que você logo identifica. Caso isto aconteça, é imprescindível que procure ajuda de um terapeuta capilar ou um tricologista, especialistas em fios. “Fazemos uma análise do couro cabeludo; verificamos hábitos cotidianos, além da genética, hereditariedade e histórico de saúde”, explica o especialista do Phortal do Cabelo. Muitas vezes a questão transcende o terapeuta. “O cabelo pode não crescer por distúrbios hormonais. Neste caso, fazemos o tratamento em conjunto com um médico”, explica.

Uma vez detectado o problema, os experts em estudo dos fios dispõem de várias substâncias para agilizar o crescimento. Boa parte delas é composta de estimulantes da circulação local, através de produtos vasodilatadores, massagens e equipamento de estimulação, como as máquinas a laser ou o infravermelho. “Estes recursos são utilizados depois que foi tratado algum possível problema de saúde”, avisa. Mas corra: quanto antes for detectado o problema, mais fácil será para curá-lo.

2 – Ative sua circulação sangüínea
A má circulação sangüínea é o principal fator que impede o crescimento dos fios. Por isso, trate de dar sangue à sua cabeça! A medula capilar é como se fosse uma espécie de estradinha que leva todas as vitaminas, aminoácidos e minerais – responsáveis pelo crescimento – para o córtex (fio capilar). Ativando a circulação sangüínea e, conseqüentemente, o couro cabeludo, você garantirá que o fio receba todos os nutrientes necessários. Uma ótima dica para ativar diariamente a circulação sangüínea é massagear o couro cabeludo na hora da lavagem durante alguns minutos. Outra boa opção é virar a cabeça para baixo e passar a escova ou os dedos. Esta posição faz com que o sangue flua com mais facilidade. E não esqueça de beber muita água e da atividade física. O exercício físico faz com que o coração bombeie sangue mais rápido. Resultado: os aminoácidos, vitaminas e nutrientes chegam mais facilmente ao cabelo. Mas fique atenta, pois se você tiver obstrução de alguma veia, ela deverá ser tratada, ou nenhuma destas dicas valerá.

3 – Minimize seus vícios
Se você tem um couro cabeludo sadio, nada interferirá no crescimento do seu cabelo. Além de tomar muito cuidado com o seu organismo, é imprescindível abolir alguns hábitos que podem comprometer a saúde dos seus fios.

– Pare de fumar – a nicotina é uma poderosa vasoconstritora, reduzindo a circulação dos vasos capilares do couro cabeludo, que carregam nutrientes ao fio.

– Não tome banho com água quente – a água pelando estimula a produção das glândulas sebáceas.

– Evite dormir com os cabelos molhados – isso abafa o couro cabeludo, aumentando a oleosidade.

– Retire os excessos de produtos – o ideal é passar o xampu, retirar bem e, depois, aplicar o condicionador apenas no comprimento. Os finalizadores que ficam no cabelo devem passar longe da raiz.

4 – Vitamine-se por dentro e por fora
Sabe aquela velha história de que quem tem uma alimentação saudável tem cabelos mais bonitos? Ela é a pura verdade! E tem mais: uma dieta rica também ajuda no crescimento. Quanto mais vitaminas – por dentro e por fora – melhor. “O organismo absorve muitos nutrientes para os órgãos funcionarem. Como os cabelos são regiões mais periféricas e menos importantes, o que sobra vai para o cabelo”, explica Geová Gouveia.

Cuide da sua saúde e capriche na alimentação, sempre rica em vitaminas. Você também deve utilizar produtos tópicos – por exemplo, os à base de Jaborandi, Ginkgo Biloba, Cafeína e Uréia, que são estimulantes sangüíneos. Cremes com alecrim ajudam a controlar a oleosidade e o princípio ativo Capscum (geralmente encontrado na pimenta) é um ativo vasodilatador que melhora a circulação sangüínea. “Não adianta lavar a cabeça com café ou tomá-lo para atingir o mesmo objetivo. A cafeína que vem do café solúvel não é uma substância otimizada para o cabelo”, alerta Sheilla Bellotti.

5 – Deixe seu couro cabeludo respirar
A oleosidade do couro cabeludo é um veneno – cria fungos que acabam com as madeixas e impede o fio de crescer. O excesso de oleosidade age como se fosse uma camada protetora, impedindo os aminoácidos de chegarem à raiz do cabelo. “Abafando o couro cabeludo, você também favorece o surgimento de um fungo, chamado de pityrosporum ovale que descamará o tecido do couro cabeludo, impedindo que o fio capilar saia. Ocorre uma espécie de entupimento dos poros”, explica a terapeuta capilar Sheilla Bellotti. Então, fique longe de tudo que aqueça seu couro cabeludo ou abafe-o.

A cura para o mau hálito

Lembra daquele amigo que enquanto conversava com você transmitia um mau hálito terrível? Nossa! E aquele namorado que você dispensou, porque não tinha coragem de ser franca com o sujeito e dizer a ele que estava com um bafo de onça? E você? Está livre desse mal que atormenta 40% da população mundial. Sim, são bilhões de pessoas que não têm coragem de dizer aos amigos ou namorados sobre um assunto tão íntimo. Mas, se é um assunto íntimo porque todo mundo sabe que aquele cara tem mau hálito, menos ele. Ou, se ele sabe porque não faz nada?

Não adianta tomar medidas paliativas para o caso, como a adoção das balas ou gomas de mascar, desodorantes ou anti-sépticos. O uso desses produtos podem ocasionar o aumento de cáries ou algum tipo de lesão para o organismo. Pessoas com bolsas periodontais não devem utilizar gomas de mascar devido ao risco teórico de introduzir, sob pressão, microorganismos dentro dela. Os desodorantes e anti-sépticos são importantes mas não devem conter álcool na formulação ou óleos aromáticos, porque são irritantes para os tecidos bucais e aumentam a descamação fisiológica piorando as condições do hálito.

Sal de cozinha, cebola, pedaços de algas marinhas, cravo, canela, fumo, também são algumas medidas caseiras utilizadas por milhares de pessoas, mas, além de não trazerem nenhum benefício costumam desidratar e agredir a mucosa, além de provocar manchas extrínsecas nos dentes.

“O hálito desagradável ao acordar ocorre em todas as pessoas em maior ou menor grau, considerada fisiológica. No entanto, o odor deve desaparecer após o café da manhã e a escovação dos dentes”, explica o cirurgião dentista Flávio Alves Miceli.

Formando em 1974, pela Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo (USP), Miceli se especializou no tratamento de Halitose. “O tratamento é simples e a pessoa ameniza o problema logo na primeira seção”, explica.

Fatores que geram a halitose

Os fatores que ocasionam a halitose são diversos como o gerado pela fome e regime, desidratação, stress psicológico, por língua saburrosa, por peças protéticas porosas, higiene bucal deficiente, doença periodontal, cárie, estomatite, amigdalite, sinusite, faringite, tabagismo, alterações estomacais, renais, intestinais, hepáticas ou pulmonares, por doenças raras, além de outros que podem ser diagnosticados pelo especialista no consultório.

Muitos acreditam no mito de que o mau hálito sempre está associado a problemas estomacais. Segundo Micelli isso não corresponde com a realidade. “A halitose neste caso deriva de problemas mais sérios como o de câncer no estômago e esôfago”. As duas incidências mais freqüentes, notada por ele nos 300 pacientes que trataram da halitose em seu consultório, são a xerostomia e o jejum. “A xerostomia é derivada de problemas de stress e da utilização de medicamentos xerostômicos, como os anti-depressivos”, explica e concluí: “A outra é ocasionada pelo jejum. Muitas pessoas ficam mais de 4 horas sem se alimentar, então há o acumulo de bactérias sobre a burra da língua, provocando a halitose”.

Após detectar o problema do paciente, Micelli orienta o melhor tratamento para a eliminação da halitose, que varia de caso para caso. “Há 3 anos trato pacientes com este tipo de problema e a cura ocorreu em todas essas pessoas”, finaliza.

O tratamento

Primeiro é necessário detectar o problema. O paciente responde a um protocolo sobre sua saúde e hábitos, elaborado pela professora e pesquisadora Olinda Tárzia, do Departamento da Bioquímica da Faculdade de Odontologia de Bauru, da Universide de São Paulo – USP.

Com a ajuda do aparelho Halimeter é realizado a halimetria, para medir o hálito. O paciente segura a respiração e coloca um canudo na narina esquerda e em seguida, na direita. Utilizando outro canudo, enquanto o paciente segura a respiração, o canudo é colocado na parte posterior da língua, sem tocar na superfície. Outra leitura é realizada quando o paciente é instruído para franzir os lábios sem tocar o canudinho localizado a cerca de 3 centímetros da boca. Por fim, a pessoa exala o ar forte dos pulmões no canudo. “O aparelho mede o dióxido de enxofre que a pessoa tem. Se for abaixo de 80 partes por bilhão de dióxido (pbd), significa que a pessoa não tem halitose”, diz Miceli e explica: “A presença desses gases na boca ocasionam o mau hálito”.

Em seguida, o paciente mastiga durante 5 minutos o hiperbolóide, cuspindo em um vidro a saliva produzida. “O hiperbolóide detecta se a pessoa tem xerostomia, ou seja, a ausência de saliva”, fala Miceli.

Miceli também mede a presença de bactérias anairóbicas, através do teste de Bana. “Essas bactérias estão associadas a doenças periodontais de adultos”, diz.

“O paciente é orientado para uma boa alimentação e higienização bucal com a utilização correta do fio dental, escovação, limpador lingual e finalmente o enxague bucal. Se as causas forem de outras naturezas encaminho o paciente para um especialista da área. A certeza é a de que em 3 sessões o paciente pode se considerar curado”, garante Miceli.

Faça o autodiagnóstico: será que tenho mau hálito?

Esse problema atinge mais que 40% da população e, como nosso olfato se acostuma com os odores, há quem não perceba que sofre com o cheiro desagradável

 O mau hálito (ou halitose) existe na população desde o princípio da humanidade. Tanto em referências históricas, como na literatura (tanto em comédias com em tragédias) existe a menção de personagens que apresentam terrível hálito.

 Talvez o maior problema de quem tem mau hálito seja descobri-lo. Como o nariz se acostuma com o cheiro, a chamada fadiga olfatória, quem tem mau hálito não o sente, e quem sente (namorado, marido, amigo) nem sempre se fica confortável em abordar o assunto.

 Segundo Sérgio Salomão Abdala Caruí, especialista no assunto, a dica é ter uma conversa particular com a pessoa que apresenta o problema, pois o mau hálito pode causar uma discriminação social importante que acaba por isolar o indivíduo do convívio social ou então faz com que ele se retraia e tenha até problemas profissionais (vendedores, médicos, professores etc.).

 Faça um teste. Apesar de outro ter papel importante no diagnóstico, uma avaliação pode ser feita pela própria pessoa. Responda sim para cada situação em que sente o mau hálito ou para o hábito que tenha:

 1- Bebo pouco líquido
2- Sou fumante
3- Fico muitas horas sem me alimentar
4- Tenho intestino preso
5- Respiro pela boca
6- Costumo roncar
7- Tenho diabetes
8- Sinto minha boca seca com freqüência
9- Tenho tártaro
10- Uso aparelho ortodôntico
11- Uso prótese dentária
12- Tenho sangramento gengival quando passo o fio dental ou quando escovo os dentes
13- Tenho uma placa esbranquiçada no fundo da língua
14- Às vezes percebo pequenos flocos ou grãos de odor desagradável de cor amarela ou branca expelidos de minha garganta
15- Tomo bebidas alcóolicas com freqüência (mais de duas vezes por semana)
16- Não falo de perto; ponho a mão na boca ou desvio o rosto
17- Costumo chupar balas para mascar chicletes ou utilizar outro recurso para mascarar o mau hálito
18- Acho que tenho mau hálito, embora nunca alguém tenha confirmado isso

 Depois passe a língua no punho e aguarde 30 segundos. Cheire o local. Se notar um aroma desagradável e foram assinalados dois ou mais itens é melhor perguntar a uma pessoa de confiança.

 “Uma boa notícia é que o problema tem solução”, garante Salomão. E ela não está nas balas ou enxaguatórios bucais que só marcaram temporariamente o problema. A solução está em descobrir a causa do mau hálito, que não é uma doença e sim um sintoma.

 Possíveis causas

 – Variações fisiológicas e adaptativas do indivíduo – Hora do dia – Hábitos alimentares – Higiene oral – Uso de próteses dentárias – Doenças nos pulmões, esôfago e nas vias aéreas e digestivas superiores – Doenças sistêmicas e psiquiátricas, e mais de 50 outras origens que precisam ser investigadas e tratadas.

 Por esta razão o especialista na área tem que atuar como um clínico geral, investigando todos os sintomas. “Um paciente pode apresentar mau hálito decorrente de um diabetes ou uma escamação na pele pode ser a chave para se diagnosticar uma síndrome que causa o mau hálito”, explica o odontolaringologista. Informações: http://www.hospitalpaulista.com.br ou (11) 3885-8119.

Fonte: Portal iTodas.

Renewal Lash Serum da L’oreal? Funciona?

Oi gente!!! Há algum tempo estou para fazer esse post sobre esse “produtinho” da L’oreal que promete milagre com os cílios. Ele se chama Renewal Lash Serum e é um serum potencializador que promete aumento dos cílios em 8 semanas. Hummmm, cílios maiores, mais fortes e mais cheios em 8 semanas???

Bom, eu já comprei dois, já usei um e o que posso dizer é… não faz uma graande diferença. O que realmente acontece é que ele hidrata os cílios e a impressão que dá é que os cílios ficam um pouco mais curvados. Mais o produto não faz. Talvez para quem tenha bastante cílios pode ser o produto dá um melhor resultado, mas, para o meu caso que tenho muuuuito poucos cílios o produto realmente não é milagroso. Inclusive para mim, percebo que meus cílios caem mais do que antes quando eu não usava nada (mas pode ser só impressão minha, né?). Aqui na Europa o produto me custou o equivalente a 13 Euros, o que não é muito barato. E parece até que, para mim, faz um pouco mal porque eu tenho as vistas um pouco turvas quando uso o serum. (na verdade eu não sei se o problema é mesmo do serum ou é porque eu misturo o serum com minoxidil…um pouco louca…kkk). Para quem realmente tem muito poucós cílios eu recomendo (embora eu ainda não tenha usado) o Latisse da mesma empresa do Botox, diz que realmente funciona, mas esse só é vendido nos EUA e na Europa é proibido. É o único aprovado pelo FDA (isso significa que realmente faz crescer cílios). Abaixo alguns filmes sobre o Latisse e o Renewal Lash Serum da L’oreal:

Aqui fotos dos meus olhos (percebam que não tenho muitos cílios, mesmo depois do uso do produto)

Rosto super rejuvenecido sem botox ou plástica???

É possível fazer seu rosto rejuvenecer ou “levantar” sem botox ou plástica??? Eu digo SIM, É POSSÍVEL!!! Com a máscara ultalift 8 hr. da Garnier é possível fazer seu rosto levantar e rejuvenecer e o efeito dura 8 horas! Para aqueles dias em que você quer chegar arrasandonaquela festa ou momento especial.

E como funciona?

A máscara é composta de 2 sachets para 2 aplicações, é aconselhável que se limpe primeiro o rosto com sabonete especial, ou com algodão e produto especial para limpeza do rosto, depois aplicar a máscara e deixar por 15 minutos (nesse tempo você sente uma “leve esticada” na pele), depois lavar a máscara e aplicar o seu creme normal de dia ou noite. A pele se torna automáticamente mais firme, as marcas de expressão desaparecem e o aspecto da pele se torna firme, liso e muito jovial. Realmente vale muito a pena usar esta máscara.  Vou abrir um post próximos meses com uma promoção sobre essa máscara e a máscar limpa poros da Garnier, já faladaem posts anteriores. Portanto, visitem sempre o blog!!!

Vídeo de minha hidratação caseira

Oi gente!!! Fiz um vídeo bem, mas beeem caseiro (rsrs) com a minha “misturinha mágica” de hidratação dos meus cachinhos. Espero que vocês gostem! No meu cabelo essa hidratação é verdadeiramente poderosa!!! Meu cabelo fica muuito maleável, macio, brilhoso. Já faz inclusive muitos meses que eu não relaxo meus cachos, mas estou pensando agora que nem preciso, porque meus cabelos estão realmente muito hidratados, maleáveis e brilhosos. Assistam os vídeos e comentem!!

Meu vídeo sobre queda de cabelos…

Oi gente!!! Esse foi o 1º filme que eu fiz sobre cabelos, nesse filme aí eu mostro os produtos que eu comprei para queda de cabelos, como eu já postei anteriormente, eu tive uma queda de cabelos muuuito grande, já na adolescência (coisa de cair cabelos em tufos!), agora, com o “advento” da internet é bem mais fácil conhecer produtos mais eficazes para queda de cabelos, por fim, fiz uma compra grandiosa de produtos para queda (que vou listar abaixo)

– Minoxidil (aqui na Europa com o nome de Regaine 2%)
– Shampoo da Vichy (Dercos com Aminexil)
– Pantogar (suplemento vitamínico)
– Bepanthen (que no Brasil é conhecido como Bepantol

Esse filme foi feito em 26 de julho de 2010 e, atualmente, o que posso dizer é que minha queda diminuiu em 100%!! exatamente!!!! 100%!!! É incrível o modo como esses remédios têm influenciado positivamente em meus cabelos e com o resultado estou ABSOLUTAMENTE SUPER FELIZ!!! Nesse período acrescentei também mais alguns produtos ao meu tratamento, mas falarei disso em algum post mais a frente. Por enquanto, gostaria que assistissem esse filme e depois postarei mais vídeos e fotos atuais dos meus cabelos. Aguardem!!!!

PS: Por favor, não reparem a minha cara feia…kkk