Care Free Curl é o melhor ativador de cachos!

Oi gente!!! Como eu disse à vocês, sou quase uma “sócia” de uma loja de produtos afro que tem lá em Zurique, lá faço minhas comprinhas de cabelos, entre elas o umidificador de cachos da Care Free Curl. Me custa em torno de 19 Francos e, eu o uso junto também de um umidificador de cachos, para definir os cachos e diminuir um pouco o volume (mas eu até gosto de cabelos com muito volume). Uma dica que dou aqui para quem tem cabelos crespos como o meu é: após a lavagem e hidratação, seque os cabelos com uma toalha, não fazendo fricção com a toalha, mas sim apertando a toalha nos cabelos, depois dos cabelos meio úmidos, meio secos, passe o ativador de cachos e também o umidificador até que os cabelos fiquem de novo umedecidos com os produtos. Um cabelo bem hidratado não precisa de tão muito umidificador ou ativador de cachos, portanto um frasco pode durar, pelo menos para mim, um pouco mais de um mês. O ativador de cachos faz os cabelos ficarem super maleáveis e os cachos super bem definidos, além de dar um brilho especial.

Anúncios

Você sabe cuidar de seus cachos?

Você quer ter cachos definidos, volumoso, mas não exagerado, brilhoso, maleável e saudável?? Então tem que cuidar!!!!

Os cabelos cacheados e crespos apresentam menos brilho, pois refletem a luz por diferentes ângulos, a cada curva do fio. “Normalmente são mais secos devido à dificuldade que a oleosidade do couro cabeludo tem em atingir as pontas, em razão da quantidade de curvas ao longo do fio”, revela Cristiane Braga, médica do Instituto de Pesquisa e Tratamento do Cabelo e Pele (IPTCP).

Os cuidados semanais incluem o uso de xampus e condicionadores específicos, com propriedades hidratantes e emolientes, capazes de reter maior quantidade de água no fio. “Lave os cabelos a cada dois dias com xampus apropriados, aplique um leave-in (cremes sem enxágüe) com filtro solar e uma máscara nutritiva”, orienta Cristiane. Os fios também devem ser protegidos contra o sol, vento e poluição, agressores que ressecam ainda mais a cabeleira.

A hidratação não pode ficar de lado. Deve ser feita toda semana ou a cada quinze dias, dependendo do cabelo. Quando os fios estão tratados e hidratados, os cachos ficam mais definidos e o volume controlado. “Produtos chamados de filmógenos (que formam um filme protetor) conferem uma proteção extra aos fios, resultando num cabelo com aspecto mais bonito”, diz. A médica lembra que a hidratação também deve chegar de dentro para fora. “É essencial a ingestão de, pelo menos, dois litros de água para manter os fios saudáveis e hidratados”, indica Cristiane.

Os ingredientes mais indicados para hidratar e manter a saúde dos fios são:

  • Ingredientes hidratantes e emolientes, como ceramidas, proteínas do leite e da seda, os fitoesteróis (extraídos do gérmen de trigo e da soja) e extratos vegetais;
  • Produtos filmógenos, como dimeticone, fucogel e queratina.

Quando os cabelos cacheados e crespos são submetidos a químicas como tintura ou relaxamento, ficam ainda mais expostos. “Nestes casos é necessário redobrar os cuidados, como hidratação profunda semanal ou uma cauterização mensal (técnicas realizadas por profissionais), dependendo do exame clínico do cabelo”, aconselha Cristiane.

Segundo a médica, a maneira correta de pentear os cabelos cacheados é evitar tracioná-los com freqüência, como apertá-los demais na toalha de banho. “O ideal é penteá-los úmidos com um pente de dentes largos. Quando os cachos são penteados com os fios secos, a tendência é que desmanchem, percam a definição”, completa.

Dicas para deixar os cabelos crespos ainda mais bonitos

O uso excessivo dos secadores e chapinhas ressecam os fios.

1º Lave a cabeça com água morna, fazendo massagens suaves com a ponta dos dedos. Nunca use água quente e enxágüe bem os cabelos para retirar todos os resíduos do shampoo e condicionador.

2º Nunca durma com os cabelos molhados,

3º O uso excessivo dos secadores e chapinhas ressecam os fios. Quando usá-los não coloque muito próximos dos fios e utilize sempre produtos específicos como o Defrizante para facilitar o processo e proteger os cabelos

4º Cabelos ressecados precisam de hidratação com produtos específicos. A máscara Capilar, por exemplo, é capaz de nutrir e fortalecer os cabelos, deixando os fios mais maleáveis e brilhantes.

5º Não force ao tentar desembaraçar. Use os pentes tipo garfo, com dentes largos, de preferência de madeira envernizada, que não possuem farpas. O ato de pentear pode ser facilitado quando você utiliza produtos específicos como o Creme de Pentear.

6º Os relaxamentos também exigem cuidados especiais. Certifique -se de que pelo menos 5 centímetros sejam de cabelo virgem, antes de submeter ao processo. Após o relaxamento, faça sempre hidratações com a Máscara de hidratação.

Minoxidil…faz mesmo nascer novos cabelos????

Oi gente!!! A um mês estou utilizando a solução Minoxidil a 2% nos cabelos, na verdade só nas áreas que eu considero “críticas” ou seja, nas laterais (onde eu desde jovem nunca tive tão muuuito cabelo), e no alto da cabeça que, não sei se por impressão minha ou o quê, penso tenho uma rarefação de meus cabelos…Até agora tenho notado melhora na queda diária de cabelos, mas quando tenho que lavar… ainda cai bastante… a média de cabelos que caem por dia, de um couro cabeludo saudável, é de 50 a 100 fios por dia…mas cabelos crespos, como o meu podem até cair um pouco mais! Aqui abaixo estão algumas informações relevantes quanto ao minoxidil:

O minoxidil é uma loção capilar para problemas de queda de cabelo relacionados a problemas com calvície.  O Minoxidil ajuda a revitalizar a raiz do cabelo, normalizar o ciclo do folículo, prolongando a fase anágena ou de crescimento. Ele também tem a função de estimular a vascularização do couro cabeludo permitindo oxigenação da área. 

A solução de minoxidil é geralmente encontrada na concentração 2% a 5%. Estudos mais recentes comprovaram que a melhor eficácia é a concentração de 5% tanto em homens como em mulheres.

Recomenda-se passar 1 ml do produto em cada aplicação, e sempre nos cabelos secos. É importante salientar que o produto deve ser passado no couro cabeludo, e não nos fios. Ele deve ser absorvido pelos poros para agir na raiz dos cabelos.

O minoxidil age nos folículos vivos, aquele folículo que já “morreu” não se recupera mais. Nenhum agente medicamentoso faz crescer cabelos em uma área totalmente sem cabelos.Só o transplante de cabelos consegue preencher este espaço vazio, retirando folículos da área doadora e recolocando-os na área calva.

O tratamento deve ser contínuo. Uma vez interrompida a medicação, a calvície volta ao estado anterior ao tratamento em aproximadamente dois meses.

 Minoxidil é o mais popular e único medicamento tópico contra a queda de cabelo  aprovado pela FDA (agência norte-americana de controle dos produtos alimentícios e farmacêuticos). Com cerca de 30 anos no mercado, o minoxidil não é mais considerado um remédio e, por isso, não precisa de receita. Ele age na terceira fase do ciclo do cabelo, que é justamente a da queda, retardando-a. Mas não interfere nas outras duas que são o nascimento e o crescimento. Como conseqüência, a cabeleira fica mais cheia. Não significa que nasçam novos fios, os que já existem é que demoram mais tempo para cair. Porém, para que o efeito perdure, o uso do produto não deve ser interrompido.
Os pesquisadores ainda não chegaram a uma conclusão definitiva sobre como o minoxidil age, embora alguns teorizem que ele dilataria os vasos sangüíneos do couro cabeludo e, aplicado duas vezes ao dia, faria o cabelo crescer mais longo e forte. Nelson Lee Novick, professor de dermatologia da Escola de Medicina Mount Sinai (EUA), trata vários pacientes aliando o minoxidil ao ácido retinóico, que contém a forma ácida da vitamina A. “Os dois parecem trabalhar em combinação”, diz. E mais: o ácido retinóico ajuda a deixar as camadas superiores da pele mais permeáveis, auxiliando na absorção do minoxidil, segundo Novick.
No entanto, não devem ser manipulados juntos, em um mesmo frasco, porque um interfere quimicamente no outro. E devem ser usados em horários diferentes.
No Brasil, uma das alternativas ao minoxidil é o tônico Avicis, do Laboratório Galderma, que tem como princípio ativo o 17-alpha-estradiol, que bloqueia a DHT (dihydrotestosterona), um hormônio que encolhe os folículos capilares. Ele pode ser aplicado duas vezes por dia.

Só para concluir esse post, o meu Minoxidil é o Regaine, comprado em farmácia, ele custa para mim, aqui na Suíça, 49 Francos, o que não é nada barato. Uma vez irei perguntar na farmácia se existe uma forma de manipular, embora eu nem sei se aqui na Suíça existe isso de manipulação de remédios, mas não custa perguntar.

Doo Groo para brilho, maciez e beleza dos cabelos

Oi gente! Este post aqui é para compartilhar com vocês a minha descoberta em mais uma dessas lojas para beleza negra africana que existem aqui na Suíça. Já havia comprado alguns cremes, umidificadores, e ativadores de cachos e aproveitei para comprar uma máscara de hidratação para os cabelos, já que o meu cabelo precisa de muita hidratação depois de tantos maus tratos, de andar tão preso e de usar tantos apliques… então achei essa maravilhosa máscara para cabelos desta marca Doo Groo, até então desconhecida para mim, mas agora que usei…meu cabelo não quer outra coisa!!! Ele deixa os cabelos realmente muuuito macios, sedosos, com brilho e ainda tem mais…. por ter Aloe Vera na sua composição, auxilia também na queda de cabelos, fortificando-os. Para obter melhores resultados, a aplicação do creme deve ser feita de mecha em mecha (eu chamo de fio a fio) para que todo o cabelo possa receber o creme, depois colocar os cabelos na touca térmica ou na comum (na touca térmica 10 minutos e na comum faço 15 minutos). Um outro detalhe importante que, pelo menos para mim funciona, eu enrolo meu cabelo no papel alumínio e depois coloco a touca comum e não deixo também ultrapassar os 15 minutos senão o efeito do creme pode até ser o contrário…de resecamento. Por isso conto sempre 15 minutos e depois retiro muito bem o creme, por completo, com água morna. Aqui para mim na Suíça custou Fr. 16.90 Francos Suíços, o que não é muito barato, maaaasss… vale a pena!!!!

Pantogar para queda de cabelos

Oi gente! A um mês estou utilizando o Pantogar para evitar a queda de cabelos que já a alguns anos tem sido uma das minhas maiores preocupações, pois tenho perdido cabelos demais e em “tufos”, já quando passava as mãos nos cabelos. O que sinto nesse um mês de uso é que o remédio realmente não só traz o resultado de acabar com a queda excessiva de cabelos, como também dá mais força e vida aos cabelos, e até ajuda a crescer mais depressa (ou é impressão minha, ou meu cabelo nesse 1 mês até ficou um pouco maiorzinho…).  Aqui abaixo está a informação completa sobre o remédio:

Pantogar é um produto eficaz para o tratamento de queda dos cabelos femininos. A eficácia de Pantogar foi documentada em estudos científicos detalhados: Pantogar reduz significativamente a queda dos cabelos, estimulando um crescimento saudável dos fios e melhorando sua qualidade e resistência.

  • Perda difusa de cabelos (perda de cabelo por razões desconhecidas).
  • Alterações degenerativas na estrutura de cabelo (cabelo enfraquecido, fino, não maleável, quebradiço, sem vida, opaco e sem cor), cabelos danificados pela luz do sol e radiação UV, prevenção do aparecimento de fios brancos.
  • Desordens no crescimento das unhas (unhas quebradiças, rachadas e pouco maleáveis).

Informações Nutricionais

Porção: 1 comprimido
Conteúdo: 90 comprimidos

Composição:

Vitamina B1 60 mg D-Pantotenato de Cálcio 60 mg Levedura 100 mg Cisteína 20 mg Queratina 20 mg Ácido Paraminobenzóico 20 mg

Cuidados e Advertências

Uma vez que a formação dos cabelos ocorre lentamente, é importante tomar Pantogar® regularmente na dose prescrita por um período de 3 a 6 meses para garantir o sucesso do tratamento.
Pantogar® não é indicado para alopécia cicatricial ou androgenética/convencional (calvície masculina). Entretanto, nestes casos, Pantogar® pode fortalecer os cabelos remanescentes. A alopécia cicatricial se caracteriza pela ausência ou diminuição definitiva dos pêlos, podendo ser causada por traumas, queimaduras químicas ou físicas, infecções por fungos, bactérias, vírus ou outros parasitas, câncer interno e doenças, tais como: líquem plano pilar, lupus eritematoso, esclerodermia, mucinose folicular.
Se os sintomas persistirem ou se o objetivo do tratamento não for alcançado, consulte seu médico.

Reações Adversas

Gravidez – Recomenda-se que Pantogar® seja utilizado apenas na segunda metade da gestação. Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.
Lactação – Não são conhecidas restrições para o uso do produto durante a lactação.
Pediatria – Não se recomenda o uso do produto por crianças menores de 12 anos de idade, uma vez que não foram realizados estudos específicos para esta faixa etária.
Geriatria (idosos) – Não são conhecidas restrições para o uso do produto por pacientes idosos. Insuficiência renal/hepática Não são conhecidas restrições para o uso do produto por pacientes com insuficiência renal ou hepática. Não há contra-indicação relativa.
Foram relatados raros casos de reações de intolerância ao medicamento, tais como: aumento repentino do suor, pulso acelerado, reações dermatológicas como coceira e urticária ou desconforto gastrointestinal como queimação, náuseas, gases e dor abdominal.